Único Legado

gravada em
 Pedro Mourão

Oooh! Oooh!
Eu queria deixar uma marca um registro
Qualquer coisa que fosse um escrito um rabisco
Pra que esse meu tempo vivido não fosse esquecido
Aai!
Não queria um lamento cheio de ais
Alguma coisa que não ficasse pra trás
Como um hieroglifo ou coisa das cavernas
Eu ficaria ali aguardando
Ser encontrado ser um achado
Eeeh!
Festejado enfim

Botei a mão na massa trabalhando todo dia
Tentei fotografia conto poesia
Teatro cinema dança cantoria
Pintura desenho fiz tanta alquimia

Já faz mais de uma semana que eu morri
Ninguém me escuta daqui
Mas sigo pensando em tudo que eu vivi
Não deu nada certo tudo aquilo que eu fiz
Nas minhas intenções não fui muito feliz
Como eu posso agora ficar na memória
Se eu tô parado aqui, definhando
Só pele e osso, da pele ao osso
Do osso ao pó, enfim

Eu sei que a minha vida
Não foi de toda à toa
Quem sabe por aí alguma alma boa
Me faça um favor e mostre pra qualquer pessoa
Meu único legado qualquer um entoa
Só esse oooh!
Oooh! Oooh!


Voz e Violão: Pedro Mourão
Viola Caipira: Neymar Dias
Baixo Acústico e Piano: Marcio Arantes
Vocais: Hélio Ziskind, Marcio Arantes, Ná Ozzetti e Paulo Tatit
Arranjo: Marcio Arantes