Cada Dia

gravada em
 Hélio Ziskind

Ai, cansei!
Eu vou deitar e relaxar as costas no chão

Olhar pro céu
Ver as nuvens passando
Devagar respirar

Ai, meus planos!
Pensei em fazer uma canção
Sobre a saudade que sinto dos amigos
Pensei em fazer uma canção
Pra Carolina ao contrário da do Chico
Pensei na encomenda da Bilê:
Uma canção pra curar uma ferida
Parece coisa à toa
Mas como a gente voa
Quando começa a pensar

O homem que diz:
Vou, não vou
Vou, não vou
Meu pai caminhando
No meu sonho
Olho nos olhos molhados
Da minha filha
Minha cabeça me ajude
Pense tudo tudo com calma
Você acha que vai até ali e já volta
Não volta, não controla
No rancho fundo
A lua da melancolia

Mas era fim do dia
Eu tinha feito academia
Quase quinze pras oito
Fui caminhando
Voltando pra casa
Subindo o ladeirão da Apinagés
Deixar pra trás as nuvens do dia
Deixar passar, ir subindo a ladeira

Cada dia o que der
O que não deu não cabia

Olhar pro céu
Ver estrelas passando
Olhar pro céu
Ver estrelas passando
Devagar respira


Voz e Guitarra: Hélio Ziskind
Vocais: Geraldo Leite, Hélio Ziskind e Ná Ozzetti
Baixo Elétrico: Paulo Tatit
Flauta e Clarinete: Ubaldo Versolato
Flugelhorn: Naor Gomes
Trombone: Joabe Reis
Vassoura, Shaker, Claves, Afoxé e Pratos: Marcio Arantes
Arranjo de Metais: Tiago Costa
Arranjo: Hélio Ziskind