Rumo ao Vivo
1991


ampliar a capa
 
1.  Rodopio
2.  Marcianita
3.  Trem das Onze
4.  Dia Útil
5.  Esboço
6.  Amanheceu
7.  Dúvidas
8.  Trio de Efeitos
Luiz Tatit e Zé Miguel Wisnik

Sempre fui bom
Nunca fui bad
Posso ser mau
Se eu quiser
Nada impede
Mas é um dom
Quase profético
Nasci assim sou assim
E genético

Nunca fui bom
Sempre fui médio
Nasci assim
Que fazer
Que remédio
Vou melhorar
É o que veremos
Sou todo assim
Mais ou menos

Sempre fui bom
Sempre fui médio
E o meu dom
E o meu tédio

Eu já sou má
Má espontânea
Oh nunca vi
Crueldade tamanha!
Ódio mortal
Do fundo do peito
Não sei porque
Que eu nasci
Desse feito

Eu sou tão bom
Tenho uns defeitos
Quero matar
O primeiro sujeito
Médio má bom
Um trio de efeitos
Juntos seremos eleitos

Sou o melhor
Sou a pior
Sou um medíocre perfeito
Quero sucesso
Quero fracasso
Sei que pra mim
Regular já é o máximo


VOZES: Ná Ozzetti
Geraldo Leite
Pedro Mourão
VIOLA: Fábio Tagliaferri
BAIXO: Swammi Jr.
TECLADO: Ricardo Breim
SAX MIDI: Hélio Ziskind
BATERIA: Gal Oppido
ARRANJO: Ricardo Breim

9.  Carlão
10.  Banzo
11.  Felicidade
12.  Aurora - O Cantonovela
13.  Carnaval do Geraldo
14.  Essa É Pra Acabar

Gravado ao vivo no teatro do SESC Pompéia nos dias 15 e 16 de junho de 1991

Produção: Paulo Tatit
Mixagem: Cláudio Lucci
Gravação ao Vivo: audio Mobile - Eng. Eugídio Conde
Remasterizado em 2003 por: Classic Master - Engs.: Jade Pereira e Carlos Freitas
Capa: Gal Oppido
Lay-out: Leonardo Nogueira

Participação Especial: Swami Jr.

Agradecimentos Especiais para Edith Derdyk, Plínio Chaves e Cláudio Lucci.


Editora Verde (Warner Chappell)

Gravadora Dabliú: tatiana@dabliudiscos.com.br


 

 


 
xxx